HomeImprensaNotíciasComitê discute participação de micro e pequenas empresas nas exportações do Estado

Notícias

Comitê discute participação de micro e pequenas empresas nas exportações do Estado

Com participação ainda tímida na exportação, reunião busca levantar informações para adoção de medidas que ajudem micro e pequenos empreendedores Com participação ainda tímida na exportação, reunião busca levantar informações para adoção de medidas que ajudem micro e pequenos empreendedores Maradona/Governo do Tocantins

“Na área da exportação, uma das características que se pode observar no Estado é uma ótima condição de escoamento e de integração com o exterior. Para o pequeno empreendedor, talvez, exportar seja uma coisa que se apresente distante, mas não é”. Esta é parte da abordagem do secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro, na abertura da reunião ordinária do Comitê Temático de Comércio Exterior, realizada nesta terça-feira, 10, na sede da pasta, em Palmas.  

Como o índice populacional do Estado ainda é baixo, os micros e pequenos empresários do Tocantins precisam considerar ampliar mercado pela exportação de seus produtos ou serviços. Conforme dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em 2014,  45 empresas tocantinenses exportaram produtos. Destas, apenas sete são caracterizadas como micro e pequenas empresas.

Criar políticas que estimulem a participação das micro e pequenas empresas no mercado externo é um dos objetivos do Comitê Temático de Comércio Exterior, um dos cinco comitês do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Tocantins (FEMEP). Para tanto o Comitê criou um grupo, formado por nove de seus integrantes, que irá levantar dados e pesquisas relacionadas ao tema no Estado, como forma de subsidiar a criação de legislação e de um plano de ação capaz aumentar a participação dessas empresas na exportação estadual.

“O foco é criar no micro e pequeno empresário a cultura da exportação. Eles, muitas vezes, não têm noção de que possuem essa capacidade e essa informação precisa ser levada a eles”, acrescenta a coordenadora pública do Comitê e integrante do grupo de pesquisa, Andréia Teles. Ela explica ainda que uma próxima reunião foi marcada com os membros do grupo de pesquisa para dar continuidade ao levantamento que precisa ser feito.

Também participaram da reunião Eremilson Leite, secretário-executivo do Femep-TO; Viviane Carvalho, secretária-técnica do Fórum e servidora da Seden  e representantes da Federação das Associações Comerciais e Industriais do Tocantins (Faciet); do Sistema Fecomércio;  do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Tocantins (Sescap);  da Secretaria da Fazenda (Sefaz); do Banco da Amazônia;  do Banco do Brasil; da Caixa Econômica Federal; da Federação da Indústria do Estado do Tocantins (Fieto); e do Sebrae.

Última modificação em Sexta, 10 Fevereiro 2017 09:49
Avalie este item
(0 votos)